Kaya Thomas criou um app que te ajuda a encontrar livros de autores negros

Kaya Thomas criou um app que te ajuda a encontrar livros de autores negros

Por T. McLendon. Traduzido e adaptado do portal da AFROPUNK. Publicado originalmente aqui.

A alfabetização da comunidade negra foi um dos gritos de mobilização o movimento pelos direitos civis nos anos 50 e 60 nos EUA. Uma das maneiras pelas quais o povo negro conseguiu resistir foi através das artes, e nossos autores e poetas são os melhores e mais brilhantes que esse universo tem para oferecer. Para apoiar a alfabetização e encorajar jovens e adultos negros a ler, Kaya Thomas criou um aplicativo gratuito para incentivar as pessoas a ler o trabalho de autoras e autores negros.

We Read Too é um aplicativo de alfabetização cultural que exibe um diretório de mais de 600 livros de ficção infantil e juvenil escritos por autores não-brancos para leitores não-brancos, o que significa que, ao fazer o download, você não só está apoiando autores negros lendo seu material, mas você também estará apoiando uma jovem empreendedora negro no processo. O aplicativo permite que você navegue por diferentes gêneros, procure por autor ou título, veja os detalhes de cada livro e o compartilhe, sugira quaisquer livros a serem adicionados e também veja o livro na web pelo Safari para sua comodidade.

Quando perguntada sobre como ‘We Read Too’ surgiu e por que ela se sentiu compelida a fazê-lo, ela disse: “Este aplicativo é muito importante para mim, porque eu sempre adorei livros desde momento em que aprendi a ler, mas eu percebia que eu não poderia me identificar nos personagens de livros populares. Criei este aplicativo para que os livros com personagens negros, latinos, asiáticos e nativo-americanos possam ser exibidos em um lugar central onde mães e pais, alunos, educadores e qualquer outra pessoa possa encontrar livros para jovens com diversos personagens com os quais eles podem se identificar ou cuja cultura eles querem aprender mais sobre.”

Atualmente, o aplicativo tem mais de 5.000 usuários e está disponível gratuitamente na iTunes App Store. Faça o download agora e vamos virar a página.

Siga o We Read Too no Facebook: https://www.facebook.com/WeReadTooApp/

Previous Jogador Everton Luiz é vítima de racismo durante jogo, reage e é punido pelo juiz
Next No videoclipe "Ubuntu", Thiago Elniño homenageia Malcolm X e outros heróis negros

About author

Robin Batista
Robin Batista 23 posts

Robin Batista é designer, editor do Afroguerrilha e colaborador da AFROPUNK.

View all posts by this author →

You might also like

Conhecimento 3 Comments

Como aprendi a falar inglês por conta própria

Por Robin Batista (@robinbatista_) Comecei a estudar inglês por conta própria aos 18 anos de idade (em 2008). Minha família, como a maioria das famílias negras, não podia me pagar

Conhecimento 2 Comments

140 ações práticas para fortalecer o povo negro

Diante de tantas discussões e debates sem fim (e sem bases) pelas redes sociais, surge a pergunta: será que isso tudo realmente empodera o povo negro? Qual é o resultado

Conhecimento 0 Comments

Zenaide Silva e os conhecimentos de afrocentricidade

A atriz, artista plástica, cantora, militante, escritora e poeta Zenaide Silva (ou Zenaide Zen), formada pela Howard University (EUA), fala sobre Afrocentricidade no programa Provocações, da TV Cultura. Assista também as

1 Comment

  1. Joao Elias
    abril 24, 12:22 Reply

    Excelente iniciativa. Parabéns. Precisamos muito disto.

Leave a Reply