‘A Rotina do Pombo’: rapper Thiago Elniño anuncia projeto transmídia com mais de 50 artistas

‘A Rotina do Pombo’: rapper Thiago Elniño anuncia projeto transmídia com mais de 50 artistas

O rapper Thiago Elniño anunciou nesta semana a data de lançamento de seu novo projeto, “A Rotina do Pombo”, que será acompanhado de perto pelo Afroguerrilha e registrado em diferentes matérias e postagens em nossas plataformas. O álbum sai dia 1 de Fevereiro e tem participação de vários artistas, como Rincon Sapiência, Tamara Franklin, MC Sant e Douglas Din.

Depois  do sucesso do EP “Filhos de um Deus que dança”, puxado pela faixa e vídeo de “Diáspora” (assista abaixo), Elniño lança agora um projeto desenvolvido durante 5 anos com a produção do Espaço Criativo Casa e instrumentais de produtores de diversos cantos do país.

“A Rotina do Pombo” é um projeto que ultrapassa os limites da mídia álbum, e transmite sua mensagem por vários outros meios. Será lançada uma plataforma/galeria com a exposição de trabalhos de artistas de diversas linguagens fazendo leituras próprias do conceito do disco. Assim, o projeto contará, ao todo, com mais de 50 colaboradores de diferentes campos artísticos.

Clique na imagem para ver o evento de lançamento no Facebook

Quem é o pombo?

O conceito do álbum é um paralelo entre o cotidiano do pombo, ave arrancada de seu habitat natural, e a rotina de um jovem negro, afastado à força de seu ambiente e identidade originais. O projeto “A Rotina do Pombo” mostra que tanto o pombo quanto esse jovem negro são empurrados a viver uma vida nada valorizada no meio urbano e passam a ser vistos como elemento desvalorizado, perigoso, sujo e ruim.

No projeto, o pombo é personificado como um jovem negro chamado “Sem Nome”, que trabalha em um subemprego e vive em uma cidade fictícia que contém elementos de Volta Redonda, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo. Por isso, e de maneira bastante criativa, tanto o álbum quanto os outros trabalhos artísticos lançados em diferentes plataformas vão alimentar o debate sobre o entrelaçamento entre ambiente e identidade.

Ouça Pedagoginga, primeiro single do álbum:

Previous A importância de valorizar a beleza negra para enfrentar o racismo
Next 4 lugares para treinar e aprender a dançar breaking em São Paulo

About author

Robin Batista
Robin Batista 21 posts

Robin Batista é designer, editor do Afroguerrilha e colaborador da AFROPUNK.

View all posts by this author →

You might also like

Música 0 Comments

Esta fotógrafa registrou o auge da cena dancehall jamaicana nos anos 1980

Entre o fim da década de 1970 e o início dos anos 1980, o reggae roots que fez o mundo conhecer a Jamaica deu espaço ao dancehall, mais animado e

Música 0 Comments

Muito carão e amor no novo clipe lindão de Rico Dalasam

Com vocês, Rico Dalasam! Com certeza vocês já ouviram falar desse cara? Não!? Então já pode continuar a leitura! Haha! Antes de tudo, gostaria de agradecer a todos que acompanham

Música 0 Comments

Alguém organizou 38 horas de playlists que traçam a trajetória da evolução do hip-hop

Cansado de ouvir os cabeções da era de ouro dizerem que você não pode curtir a nova faixa do Rich Gang sem antes compreender como o The Chronic popularizou o

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply